Um dilema empresarial: promover ou contratar profissional externo

Decisão deve ser bem orientada para que a empresa não erre na hora do preenchimento de vagas estratégicas


O preenchimento de uma vaga da chamada alta administração já é desafiador pela grande responsabilidade que muitas vezes o cargo representa. Um dos pontos chaves no processo de tomada de decisão é a escolha entre promover algum colaborador ou trazer um profissional de fora da organização.


Segundo a sócia da RH Mattos, Jeanine Ramos, é fundamental que esse procedimento seja executado de forma orientada e profissional , para não haver riscos de futuros problemas no ambiente interno da organização.


“Em um processo seletivo no qual há participação de candidatos que são funcionários e, também, pessoas de fora da empresa, eles participam com equilíbrio em todas as etapas do processo, com igualdade de condições e com as mesmas competências, os mesmos processos”, comenta.


No caso de contratações ou declínios, Jeanine destaca que no encerramento dos processos de seleção é responsabilidade da consultoria fazer o fechamento com o profissional reprovado, e dar reporte para ele de como foi o seu desempenho e quais foram os principais pontos que fizeram com que a empresa decidisse pela escolha de outro profissional.


“Uma sugestão é trabalhar o desenvolvimento deste profissional, com as expectativas dele para o futuro. Com um bom plano de desenvolvimento, baseado naquilo que a empresa entende que ele poderia se desenvolver em novas posições ou até novos desafios horizontais, é possível estabelecer suas expectativas de crescimento. Nossa percepção da frustração é sempre trabalhar ela com processo maduro, transparente e justo”, diz.


A consultora destaca que quando uma empresa abre um processo interno e os profissionais se candidatam, também é função da consultoria fazer todas as etapas, desde ligar para o profissional, agendar entrevista e fazer o processo de avaliação, da mesma forma e reitera a importância de manter o mesmo olhar para os outros profissionais de fora da empresa.


“Normalmente, lidar com a frustração de alguém que poderia ter sido promovido, está relacionado com a forma como a empresa conduz o desenvolvimento das pessoas e como ela conduz o processo de carreira e de crescimento interno das pessoas. É sempre importante a empresa mostrar para a equipe o que está buscando, quais são principais lacunas que aquela equipe precisa e quais as condições para alavancar resultados e processos de cultura”, conclui.


A RH Mattos é uma empresa com experiência no mercado e vocação para compreender a cultura das organizações e solucionar demandas de Recursos Humanos com precisão e assertividade. É especialista na contratação de cargos para alta administração.




33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo